Artigos

É verdade que Hipnose é uma ferramenta abrangente a muitos temas e áreas, tornando-se difícil perceber onde e como poderá ser útil. Nesse sentido, o próximo conjunto de textos irão ajudar o leitor, apresentando de que forma Hipnose pode ser útil, em várias áreas de intervenção.

Numa altura em que o exercício físico é muito falado, parece de todo pertinente falar de que forma Hipnose pode ser uma mais-valia para o contexto desportivo e actividade física, no geral.

Em primeiro lugar, é importante fazer a distinção entre actividade física e desporto. Actividade física é todo o conjunto de actividades que implicam um trabalho músculo-esquelético, de alguma intensidade. Nesse sentido, podemos ter caminhadas, ginásios, modalidades em grupo, etc. Por seu lado, Desporto é a designação que se dá quando se pratica uma determinada modalidade, inserida numa Federação Desportiva e que implique competição.

Embora a actividade física seja um elemento importante para a saúde, as estatísticas apontam para grandes comportamentos de sedentariedade, em Portugal. Mesmo aqueles que iniciam comportamentos de actividade física, acabam por não conseguir mantê-los, durante um extenso período de tempo. Desta forma, torna-se importante pensar em estratégias para potenciar mecanismos de mudança de comportamentos.

Juntamente com abordagens motivacionais e terapia, Hipnose pode aumentar a eficácia dessas intervenções, fazendo com que a comunicação e abertura de possibilidades seja muito mais eficaz e levada, directamente, a partes automáticas do individuo, aquelas que têm a rotina de comportamentos que se pretendem mudar.

Hipnose pode aumentar a motivação e a percepção de que a pessoa pode realizar actividade física, independente das barreiras que surjam. Isso faz com que a pessoa sinta um maior gosto em realizar a actividade e também uma maior sensação de eficácia.

Em relação ao Desporto, Hipnose pode ter vários papéis. A primeira utilização da Hipnose seria consolidar objectivos, de modo a que o atleta possa alcançá-los com maior segurança, determinação e sucesso. No caso de atletas, especialmente alta competição, o estabelecimento de metas e objectivos é absolutamente essencial, para a conquista de boas classificações. 

Em segundo lugar, Hipnose pode ser utilizada para o que actualmente é conhecido como Peak Performance. De uma forma simples, este conceito implica a realização de algo, a um nível constante de alto rendimento. No caso do atleta, especialmente em competição, o objectivo é que ele possa realizar a sua parte desportiva, sempre em alto rendimento, conseguindo gerir fadiga física, mental e pressões externas. 

Em terceiro lugar, Hipnose pode ser utilizada para a gestão de dor e recuperação de lesões. É amplamente conhecido e validado a eficácia de Hipnose como estratégia de intervenção, na dor e dor crónica. Assim, o atleta pode aplicar estratégias condicionadas e auto-hipnose para aprender a gerir a dor, reduzir a sua intensidade, modificar a sensação, deslocá-la de local e anestesiar-se da dor, de modo a poder continuar a executar os movimentos necessários.

De que forma é que isto pode ser usado em terapia? O primeiro passo pelo estabelecimento de objectivos. Caso o atleta já os tenha, cabe ao terapeuta ajudar a operacionalizá-los. Caso o atleta não tenha os objectivos delineados ou bem formulados, cabe ao terapeuta ajudar a definir objectivos e metas. 

Sob o processo de Hipnose, o terapeuta deve inserir esses objectivos e metas, reforçar o Ego do atleta, executar exercícios de visualização e treino mental, onde o atleta ensaia tudo o que tem de fazer e como o deve fazer. O terapeuta também pode fazer uso do fenómeno de progressão, levando o atleta a uma possibilidade futura, onde foi bem sucedido na concretização das suas metas.

Se for um atleta ou treinador que considera que Hipnose possa ser útil, venha saber mais! 


ASSINE NOSSO EBOOK!
É GRATUITO

Os seus dados serão utilizados unicamente para receber novidades nossas. Não serão divulgados.